Pesquisa da UFF é notícia na FAPERJ

Projeto multidisciplinar, coordenado pela física e professora Kita Macario, da Universidade Federal Fluminense (UFF), comprova que caramujos terrestres podem ser utilizados para medir a idade de vestígios do passado por meio da técnica de datação por carbono-14.

Veja a notícia clicando no link abaixo:

Caramujos terrestres: novos aliados da datação por carbono-14